slide4.png

Obrigado Jesus a minha conversão do islamismo ao catolicismo

Imprimir

Autor: Magdi Cristiano Allam

Paginas: 219

Tradução: Bernardino Henriques

Editora: Gráfica de Coimbra

ISBN: 978-972-603-434-6

Descrição:

"Durante cinquenta e seis anos, concebi-me como muçulmano, e todos os que me rodeavam era como muçulmano que me viam. Passados estes cinquenta e seis anos, fiz-me cristão rejeitando a identidade islâmica que, consciente e voluntariamente, reneguei. Dentro e fora de mim, tudo mudará. Nada será como dantes". Na noite de 22 de Março de 2008, durante a Vigília Pascal celebrada pelo papa Bento XVI na Basílica de S. Pedro, Magdi Allam recebeu das mãos do sumo pontífice os sacramentos da iniciação cristã (Baptismo, Confirmação e Eucaristia) e tornou-se Magdi Cristiano Aliam ("Escolhi-o propositadamente porque quis que a mensagem fosse simples e explícita. Quem poderá duvidar jamais de que Magdi Cristiano seja cristão?"). Completando um longo e penoso percurso que o levou a assumir o corte definitivo com o islão, a religião que tinha herdado dos seus pais, a sua é uma história pessoal de dúvidas e de sofrimentos.
Como era fácil de prever, sabendo-se que no último decénio foi "o muçulmano que mais se empenhou por introduzir na Itália o islão da fé e da razão" ao ponto de se tornar alvo de ameaças de morte por parte dos fundamentalistas islâmicos que o obrigaram a viver sob escolta, o acontecimento suscitou não só o interesse dos meios de comunicação de todo o mundo, mas até acesas polémicas alimentadas por aqueles que consideraram não só a decisão de Allam de tornar pública a sua profissão de fé, como também a aceitação da mesma por parte do papa, uma espécie de "provocação" e um sopro mais a atear o fogo da "guerra de religiões" ou o "choque de civilizações". Embora a condenação por parte dos extremistas islâmicos, as críticas dos "muçulmanos moderados", dos laicos e de algumas figuras do cristianismo não se fizessem esperar, foram, contudo, muitas mais as manifestações de afecto e de solidariedade.
Obrigado, Jesus! é o relato inspirado e emotivo de uma conversão religiosa, um grito de alarme em defesa da sacralidade da vida e da dignidade da pessoa e, ao mesmo tempo, é também uma forte mensagem de esperança numa autêntica cultura do diálogo e da paz que não pode apoiar-se no relativismo ético e no "politicamente correcto", mas somente na partilha dos valores inalienáveis da nossa humanidade. "Eu sou um ex-muçulmano que, agora como católico, só pretende ser testemunha da verdade histórica da recuperação dos valores e da identidade sem os quais o Ocidente, que tem as suas raízes na fé e na cultura judeo-cristã, não se poderá libertar nem enfrentar construtivamente os muçulmanos. Mesmo distanciando-me radical e definitivamente do islão, enquanto religião, estou absolutamente convencido de que se pode e deve dialogar com todos os muçulmanos que, à partida, partilhem incondicionalmente os direitos fundamentais da pessoa humana e lutem pelo objectivo comum da civilização humana".

I like very much this iPage Hosting Review because this is based on customer experience. If you need reliable web hosting service check out top list.
Joomla Templates designed by Best Cheap Hosting