slide3.png

III Congresso Internacional para catequistas

Imprimir
Categoria: Notícias
Publicado em Domingo, 12 Junho 2022

III Congresso Internacional para catequistas
«O catequista, testemunha da vida nova em Cristo»

Roma 8 a 10 setembro 2022

Organizado pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização (CPPNE), órgão da Santa Sé com a responsabilidade do setor da catequese, a iniciativa vai contar com catequistas de todo o mundo e refletir sobre o “lugar e o papel” destes agentes numa Igreja que se pretende, cada vez mais, sinodal.

Solenidade do Pentecostes

Imprimir
Categoria: Notícias
Publicado em Segunda, 06 Junho 2022

SOLENIDADE DE PENTECOSTES

HOMILIA DO PAPA FRANCISCO

Na frase final do Evangelho que ouvimos, Jesus faz uma afirmação que nos dá esperança e, ao mesmo tempo, faz refletir. Diz Ele aos discípulos: «O Espírito Santo que o Pai enviará em meu nome, Esse é que vos ensinará tudo, e há de recordar-vos tudo o que Eu vos disse» (Jo 14, 26). Ficamos impressionados com este «tudo», perguntando-nos: Em que sentido dá o Espírito esta compreensão nova e plena a quem O recebe? Não é questão de quantidade, nem questão académica: Deus não quer fazer de nós enciclopédias, nem eruditos. Não. É questão de qualidade, de perspetiva, de intuito. O Espírito faz-nos ver tudo de modo novo, segundo o olhar de Jesus. Poderíamos expressá-lo assim: no grande caminho da vida, Ele ensina-nos donde começar, que caminhos seguir e como caminhar. Temos o Espírito que nos diz donde começar, que caminhos seguir e como caminhar, o estilo «como caminhar».

1. donde começar. De facto, o Espírito indica-nos o ponto de partida da vida espiritual. E qual é? Disso nos falava Jesus pouco antes, quando diz: «Se me tendes amor, observareis os meus mandamentos» (14, 15). Se me amardes, observareis: esta é a lógica do Espírito. Muitas vezes pensamos ao contrário: se observarmos, amamos. Estamos habituados a pensar que o amor deriva, essencialmente, da nossa observância, da nossa perícia, da nossa religiosidade; ao passo que o Espírito nos lembra que, sem o amor na base, tudo o mais é vão e que este amor não nasce das nossas capacidades, este amor é dom d’Ele. Ele ensina-nos a amar, e devemos pedir este dom. É o Espírito de amor que põe em nós o amor, é Ele que nos faz sentir amados e nos ensina a amar. Ele é – por assim dizer – o «motor» da nossa vida espiritual. É Ele que move tudo a partir de dentro de nós. Mas, se não começamos do Espírito ou com o Espírito ou por meio do Espírito, não se consegue caminhar.

Continuar em Documentos "Papa - 5. Homilias e Temas Doutrinais"

Oração pela Paz 2022

Imprimir
Categoria: Notícias
Publicado em Quarta, 01 Junho 2022

O Papa concluirá o mês mariano com o terço à Rainha da Paz


No dia 31 de maio, conclusão do mês de Maria, o Papa Francisco rezará o terço diante da imagem de Nossa Senhora Rainha da Paz na Basílica de Santa Maria Maior em Roma, pelas 18h00 locais (17h00 em Lisboa), em ligação com santuários internacionais, incluindo Fátima. Deste modo o Papa Francisco deseja oferecer um sinal de esperança ao mundo, que sofre pelo conflito na Ucrânia e se encontra profundamente ferido pela violência dos muitos cenários de guerra em várias partes do mundo.

Rainha da Paz
A imagem de Nossa Senhora Rainha da Paz foi encomendada por Bento XV, ao escultor Guido Galli, para pedir à Virgem Maria o fim da Primeira Guerra Mundial em 1918. Nossa Senhora está representada com o braço esquerdo levantado como um sinal para ordenar o fim da guerra, enquanto que com o direito ela segura o Menino Jesus, pronto para soltar o ramo de oliveira simbolizando a paz. As flores são esculpidas na base, simbolizando o desabrochar da vida com o retorno da paz. É tradição que os fiéis coloquem pequenos bilhetes escritos à mão com intenções de oração aos pés da Virgem. O Papa colocará uma coroa de flores aos pés da estátua antes de dirigir a sua oração a Nossa Senhora e de deixar sua intenção particular.

A oração
Várias pessoas estarão presentes para apoiar a oração do Papa representando o Povo de Deus. Estarão crianças e jovens que receberam sua Primeira Comunhão e a Crisma nas últimas semanas, escuteiros, famílias da Comunidade Ucraniana de Roma, representantes da Juventude Ardente Mariana (GAM), membros do Corpo de Gendarmaria do Vaticano e da Pontifícia Guarda Suíça, e as três paróquias de Roma que têm como padroeira Nossa Senhora Rainha da Paz, juntamente com membros da Cúria Romana. Como sinal de proximidade com os mais envolvidos na dinâmica desses trágicos eventos foram convidados a rezar as dezenas do Rosário uma família ucraniana, pessoas relacionadas com as vítimas de guerra e um grupo de capelães militares com suas respetivas corporações.

Consagração da Rússia e da Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria

Imprimir
Categoria: Notícias
Publicado em Segunda, 21 Março 2022

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) vai associar-se à consagração da Rússia e da Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria, numa cerimónia marcada para 25 de março, no Vaticano e em Fátima, por decisão do Papa.

“Em profunda comunhão com o Santo Padre, os Bispos portugueses procurarão estar presentes nesta celebração em Fátima”. A CEP manifesta “plena sintonia” com o Papa, que vai presidir à celebração pelas 17h00 de Roma (menos uma em Lisboa), na Basílica de São Pedro.. Francisco decidiu enviar a Fátima, como legado pontifício, o cardeal Konrad Krajewski, Esmoler apostólico, “o qual fará o ato de consagração na Capelinha das Aparições, também às 16h00, durante a oração do Rosário”.

Mensagem do Bispo para a Quaresma 2022

Imprimir
Categoria: Notícias
Publicado em Terça, 08 Março 2022

MENSAGEM DO BISPO DE COIMBRA
PARA A QUARESMA DE 2022

“Com humildade, levanta-te e regressa a casa.”

Chegamos à Quaresma de 2022 com renovada esperança e desejosos de fazer um caminho feliz de encontro com Deus e com irmãos, bem integrados nas comunidades cristãs. Passados os tempos mais difíceis no âmbito pessoal, familiar, laboral, comunitário, social e eclesial, queremos decididamente ir mais longe, como Deus nos pede e a Igreja nos propõe. Esta Quaresma deve marcar o novo ritmo das nossas vidas e da nossa Igreja, que não pode simplesmente ser um voltar ao passado, mas um novo fôlego, cheio de ousadia e de fé. O lema que vos proponho está repleto deste desejo e pretende ser uma forte ajuda: “Com humildade, levanta-te e regressa a casa”.

Com humildade”, porque a atitude do cristão está marcada pelo sentido da nossa debilidade de pessoas e de Igreja. Quando contemplamos a santidade e o amor de Deus, havemos de sentir-nos pequenos, pecadores e necessitados de percorrer a via da conversão.

Cultivar a humildade faz parte integrante da Quaresma e, quando acompanhada pelo sentido da misericórdia de Deus, leva-nos sempre à renovação espiritual, ao crescimento na vida cristã e ao testemunho fiel da fé junto dos irmãos.

Levanta-te”, porque confias em Jesus que animou tantas pessoas prostradas sob o peso da doença, do pecado e da dureza da vida. Ao dirigir-se a elas com o poder de Deus, ao tocar-lhes com gestos de amor humano e divino, comunicou-lhes o alento indispensável para se erguerem e se porem de novo a caminho.

Continuar em Documentos "Bispo de Coimbra - 1. Mensagens"

I like very much this iPage Hosting Review because this is based on customer experience. If you need reliable web hosting service check out top list.
Joomla Templates designed by Best Cheap Hosting