slide2.png
Imprimir

VIVER A QUARESMA E A PÁSCOA

EM ANO DA FÉ

 

V SEMANA DA QUARESMA


EVANGELHO – Jo 8,1-11

Considero isto muito belo! Primeiro, Jesus sozinho no monte a rezar: rezava sozinho. Depois, foi de novo para o templo, e todo o povo ia ter com Ele: Jesus no meio do povo. E, no fim, deixaram-No sozinho com a mulher. Esta solidão de Jesus é uma solidão fecunda: tanto a da oração com o Pai, como a solidão tão bela – é precisamente a mensagem da Igreja, hoje – da sua misericórdia com esta mulher.

Mas, entre o povo, também havia diferenças: aparece o povo inteiro que ia ter com Ele e Ele sentou-se e pôs-Se a ensiná-lo: o povo que queria ouvir as palavras de Jesus, o povo de coração aberto, necessitado da Palavra de Deus. E temos outros, que não ouviam nada, não podiam ouvir: eram aqueles que acompanhavam aquela mulher: Ouve, Mestre! Esta mulher é uma daquelas que... Com este tipo de mulher, devemos fazer o que nos prescreveu Moisés.

Penso que nós também somos este povo que, por um lado, quer ouvir Jesus, mas, por outro, às vezes agrada-nos malhar nos outros, condenar os outros. Ora a mensagem de Jesus é sempre a mesma: a misericórdia. A meu ver – humildemente o afirmo –, é a mensagem mais forte do Senhor: a misericórdia. Ele próprio o disse: Eu não vim para os justos; os justos justificam-se sozinhos – alto lá, bendito Senhor! Se Tu podes fazê-lo, eu não posso! – Sim, mas eles acreditam que o podem fazer. Eu vim para os pecadores.

Pensai nas críticas que Lhe fizeram, depois de chamar Mateus: Ele convive com os pecadores! Sim, Ele veio para nós, se nos reconhecermos pecadores; mas, se formos como aquele fariseu à frente do altar – «eu Vos dou graças, Senhor, por não ser como o resto dos homens, nem como aquele que está ali à porta, como aquele publicano»– não conhecemos o coração do Senhor e nunca teremos a alegria de sentir esta misericórdia! Não é fácil entregar-se à misericórdia de Deus, porque se trata de um abismo incompreensível. Mas devemos fazê-lo! «Oh padre, se conhecesses a minha vida, não me falarias assim!» «Porquê? Que fizeste?» «Oh, fi-las grandes e graves!» «Melhor! Vai ter com Jesus; Ele gosta que Lhe contes essas coisas!». Ele esquece; Ele tem uma capacidade especial de esquecer. Esquece, beija-te, abraça-te e apenas te diz: «Também Eu não te condeno! Vai, e doravante não tornes a pecar». Este é o único conselho que te dá. Passado um mês, estamos nas mesmas condições... Voltemos ao Senhor! O Senhor nunca Se cansa de perdoar, nunca! Somos nós que nos cansamos de Lhe pedir perdão. Peçamos a graça de não nos cansarmos de pedir perdão, porque Ele jamais Se cansa de perdoar. Peçamos esta graça!

Homilia do Papa Francisco em 17 de Março de 2013

 

COMPROMISSO PARA A SEMANA

  • Agradecer, rezando em família pelo menos uma das refeições do dia
  • Celebrar o Sacramento da Reconciliação.
  • Preparar a renúncia quaresmal

 

ORAÇÃO PARA REZAR EM FAMÍLIA

Pai misericordioso, bendito sejas pela mensagem de perdão, a palavra de reconciliação e o apelo à esperança, que nos ensinaste através do teu Filho. Nós Te pedimos por todas as nossas comunidades que celebram o Sacramento da Reconciliação nestes dias. Que o teu perdão nos renove e reforce a nossa relação com os outros e Contigo.

 

I like very much this iPage Hosting Review because this is based on customer experience. If you need reliable web hosting service check out top list.
Joomla Templates designed by Best Cheap Hosting