slide1.png

Natal 2012

 


“No caminho do Advento, ocupa um lugar especial a Virgem Mãe, que acolheu na fé e na carne Jesus, o Filho de Deus. N’Ela vemos a criatura que, de modo incomparável, abriu de par em par as portas ao seu Criador, submetendo-Se livremente à vontade divina na obediência da fé: adere com plena confiança à palavra que Lhe anuncia o Mensageiro de Deus. E este «sim» de Maria à vontade divina repete-se ao longo de toda a sua vida até ao momento mais difícil: o da Cruz. Ela não se contenta com uma percepção imediata e superficial do que sucede na sua vida, mas entra em diálogo íntimo com a Palavra de Deus e deixa-se interpelar pelos acontecimentos, procurando a compreensão que só a fé pode garantir. Maria acolhe mesmo aquilo que não compreende do agir divino, deixando que seja Deus a abrir-Lhe o coração e a mente. Assim se tornou modelo e mãe de todos os crentes. Pela sua fé, todas as gerações A chamarão bem-aventurada.

Amados peregrinos de língua portuguesa, a minha saudação amiga para todos, com votos de um santo Natal de Jesus no coração e na família de cada um, pedindo a mesma humildade e obediência da fé de Maria e José, que vos faça ver, na força indefesa daquele Menino, a vitória final sobre todos os arrogantes e rumorosos poderes do mundo. Bom Natal!”


Com estas palavras que hoje mesmo em Roma o Papa Bento XVI dirigiu aos portugueses, quero formular os mais sinceros votos de BOAS FESTAS NATALICIAS a todos vós que de algum modo estais ligados à catequese que em todas as comunidades da Diocese de Coimbra é testemunho vivo de Jesus Cristo, o Menino-Deus Salvador de todos os homens.
É a Encarnação de Deus em Jesus que nos dá a certeza do Amor Divino e nele a força para ultrapassar as dificuldades de todos os dias. É a encarnação que todos nós possamos fazer desse Amor na nossa vida que nos dará a certeza de agirmos em prol dos nossos irmãos e confiantes de que vale a pena o nosso esforço e compromisso.
Que Deus abençoe e faça frutificar o nosso esforço e trabalho de cada dia.

Santo e Feliz Natal – Próspero e Abençoado Ano Novo para todos vós e vossas famílias!


Pe Manuel Ferrão

Divulgar1

Inscreva-se nas
JORNADAS NACIONAIS DE CATEQUISTAS
28 – 30 outubro de 2016 
Centro Paulo VI em Fátima
«Fazei tudo o que Ele vos disser». Jo 2, 5
Importância para a catequese da 
Exortação apostólica AmorisLaetitia

Divulgar2

Valorize na sua paróquia a
Semana Nacional de Educação Cristã
21 a 30 de Outubro de 2016
EDUCAR - PROPOR O CAMINHO PARA UMA VIDA PLENA

Obras de Misericórdia

Obras de Misericórdia: Dar de comer e dar de beber a quem tem fome e sede

A fome e a sede são realidades concretas e palpáveis no mundo de hoje, onde milhões de pessoas sofrem e morrem diariamente por não ter alimento para comer, nem água potável para beber. A fome está aí nas ruas, perto de ti, a cada esquina de qualquer cidade, bem às claras, numa mendicidade que cresce a olhos vistos, e embora mais escondida nas aldeias, ela está também aí, presente a cada passo. “Dar de comer aos famintos (cf. Mt 25, 35.37.42) é um imperativo ético para a Igreja universal […] é resposta aos ensinamentos de solidariedade e partilha [...] de Jesus. Os direitos à alimentação e à água revestem um papel importante para a consecução de outros direitos, a começar pelo direito primário à vida. Por isso, é necessário a maturação duma consciência solidária que considere a alimentação e o acesso à água como direitos universais de todos os seres humanos, sem distinções nem discriminações” [C.V. 27].

Continuar em Documentos "Material de Apoio - Diversos - Artigos de Ana Faria"

Descarregar ficheiros:
Vinde benditos de Meu Pai
Obras de Misericórdia Corporais e Espirituais
Obras de Misericórida Dar Pousada
Obras de Misericórdia Dar de Comer

I like very much this iPage Hosting Review because this is based on customer experience. If you need reliable web hosting service check out top list.
Joomla Templates designed by Best Cheap Hosting